DATA DE INICIO DESTE BLOG

27/05/2009

MINHA CASA SOU SÓCIO

MINHA CASA SOU SÓCIO

OS TRÊS MOSQUETEIROS

OS TRÊS MOSQUETEIROS

«Mestre da Táctica»

«Mestre da Táctica»

Seguidores

Perfil

A minha fotografia
Aguia
...Connosco quem quiser, contra nós quem puder...
Ver o meu perfil completo

APENAS UMA IDEIA?

Caros amigos
Depois de muito ler, muito pensar resolvi escrever.
Muito se tem falado da mudança de treinador, Quique sai Quique fica.
Outrora, Jorge Jesus já é do Benfica mas passadas duas horas já não o é.
Conclusão:
E se descobríssemos um treinador da casa?
Temos muitos casos de sucesso onde se aposta assim, o ultimo é apenas vencedor da liga dos campeões.
Exemplo da nossa casa que me vêm logo á cabeça: Álvaro Magalhães, Toni estes já como treinadores.
Mas as verdadeiras apostas podem ser feitas em gente que nunca foi treinador falo em: Veloso, Vítor Paneira mas acho que a verdadeira aposta poderia ser feita em RUI ÀGUAS.
Isto é só uma ideia mas quem sou eu, sou apenas um apaixonado pelo grande Benfica.

DECIDIDO A SAIR

IRMÃO DO TÉCNICO REVELA ESTADO DE ESPÍRITO


Isidro Flores não compreende o comportamento que o Benfica tem tido com o seu irmão, Quique Flores, nos últimos tempos e explica que não é a despedir treinadores que o clube da Luz vai ter o sucesso ambicionado.
Indignado na conversa com Record, Isidro Flores faz o resumo dos contactos que tem mantido com o irmão e define o atual estado de espírito de Quique.
"Tenho trocado mensagens com ele e sei que está muito preocupado.
Os últimos acontecimentos produziram muitas dúvidas e um desprestígio para a sua pessoa. Infelizmente, criaram uma imagem dele que não é a verdadeira.
Acima de tudo, o meu irmão já se apercebeu de que ninguém confia no seu trabalho.
Neste momento, procura uma solução mas está mais decidido a sair do que a continuar no Benfica", assume, de forma clara, Isidro Flores.
Para o irmão do técnico, a situação criada desde dezembro é insustentável para poder fazer um trabalho melhor.


fonte- http://www.record.pt

FINALMENTE RUI COSTA FOI "HOMEM"

Rui Costa hoje ao chegar de Roma tomou uma atitude de HOMEM.
Quando confrontado com a mudança de treinador só respondeu -"JA DISSE QUE NÃO FALO".
Na segunda pergunta, se seria o presidente a comunicar só respondeu e muito bem -"DEIXEM DE SER ESTUPIDOS".
"MAS QUEM É QUE ESTA A FALAR O QUE CABE AO PRESIDENTE OU NAO CABE AO PRESIDENTE?"

E disse também uma coisa importante e realista "VOCES ESTÃO A TENTAR CRIAR POLÉMICA, É ISSO QUE VOCES TÊM FEITO EM TODAS AS CONFERENCIAS DE IMPRENSA DO BENFICA" .
Ao fim deste tempo todo vejo o Rui Costa a começar a tomar uma atitude FORÇA RUI DEFENDE O BENFICA COMO QUANDO JOGAVAS COM A NOSSA CAMISOLA, ELA CONTINUA VESTIDA MAS NO TEU CORAÇÃO.

A NOVELA CONTINUA

Benfica volta a desmentir as noticias sobre a contratação de Jorge Jesus.

Comunicado

Record e jornalismo - realidades incompatíveis.
Não é surpresa, nem sequer incompetência, é mais do que isso, muito mais!
É uma intencionalidade descarada, reafirmada diariamente, como se fosse essa a função do Jornal Record nos dias presentes.
O objectivo não é informar, o objectivo é confundir.
Não pecam por superficialidade ou sensacionalismo, pecam por convicção!
Não bastou o comunicado da SL Benfica-Futebol SAD à CMVM do passado dia 25 de Maio, não bastaram as declarações do Presidente do Sporting de Braga e do próprio técnico Jorge Jesus. Nada disto parece ser suficiente para um jornal que tem a sua estratégia definida em relação ao Sport Lisboa e Benfica e à sua actual Direcção, e essa estratégia não é, claramente, a de informar.
O Record não se rende à evidência, porque não são os factos que, neste caso, interessam. Descobriram um encontro que, na verdade, nunca existiu, e um contrato que não existe.O jornalismo devia compatibilizar-se – sempre – com a verdade.
No caso do Record, está provado, a verdade não é compatível com os critérios seguidos por este jornal.
Em tempos passados seríamos levados a pensar que aquilo que os move era simplesmente a venda de jornais, mas isso são tempos passados!
A realidade é bem diferente e bastante mais grave.Por coincidência é o mesmo jornal que reiteradamente dá notícias de um pretenso movimento de oposição que – segundo informações do mesmo jornal – vai ser apresentado dia 15 de Junho.
Ainda faltam alguns dias, mas o Record já conhece bem o movimento e os seus protagonistas, ao contrário do público em geral.
Demasiado bem, numa estranha promiscuidade que, neste caso, é o que parece! Aliás, já se confunde o dito movimento com o próprio jornal.
Se recuarmos no tempo, e de vez em quando é bom fazer este exercício, porque a memória do passado é a melhor garantia do acerto das nossas opções no presente, todos devemos recordar qual foi o jornal onde a acção do Dr. Vale e Azevedo teve a sua principal ancora.
Exactamente o mesmo.
Estranha coincidência ou nem por isso?
Nem por isso.
Em face da gravidade da situação, a SL Benfica – Futebol SAD irá, de imediato, agir judicialmente contra o referido órgão de comunicação.


Fonte- site Sport Lisboa e Benfica

Jorge Jesus assina


Jorge Jesus assinou ontem pelo Benfica um contrato válido por duas temporadas.
O preto no branco foi colocado numa reunião com Luís Filipe Vieira, em Lisboa.
Foi o culminar das conversas mantidas entre as duas partes nos últimos tempos.
Com o diretor-desportivo Rui Costa em Roma, para assistir à final da Liga dos Campeões, coube ao líder dos encarnados formalizar o acordo, antes do almoço.
Jorge Jesus, que estivera de manhã em Mafra para resolver em tribunal um diferendo com Carlos Azenha, fez-se acompanhar do seu advogado no encontro.
O técnico regressou ainda ontem ao Minho, uma vez que hoje orienta o Sp. Braga pela última vez, no jogo-treino que o conjunto arsenalista realiza com o Cruzeiro de Belo Horizonte, no Estádio Axa.
Será então o jogo de despedida de Jesus que, depois das aventuras europeias ao serviço de Belenenses e Sp. Braga, tem a oportunidade de comandar o Benfica e lutar por conquistas mais altas.

Fonte- http://www.record.pt

Champions - Benfica é rei na Europa

Num dia em que os colossos Barcelona e Manchester United se defrontam em Roma, tendo em vista discutir a final da UEFA Champions League, o órgão que rege o futebol europeu tem nas suas contas oficiais um clube português em destaque.
Trata-se do Benfica, clube que foi bicampeão europeu e que esteve presente em mais cinco finais da principal competição europeia.
O "glorioso" ocupa a oitava posição no ranking da UEFA, sendo o clube português mais bem posicionado.
O líder continua a ser o Real Madrid, que detém ainda o melhor marcador: Raúl, com 64 golos. Eusébio ocupa um notável sexto lugar, com 47 tentos apontados


fonte- site Sport Lisboa e Benfica

NÃO ENTENDO...


Caros amigos, eu não entendo como é que os jogadores estão do lado do Quique flores.
Se 90% deles foram prejudicados pelo Quique.
1º- Quase todos eles jogaram fora das suas posições.
2º-Falou mal deles em todas as conferencias de imprensa, em vez de estar do lado deles.
3º-Foram castigados, alguns sem motivo aparente.
4º-Foram substituídos em jogos que estavam a jogar muito bem.
5º-Etc, etc, etc, etc e etc.
Isto não entra na minha cabeça mas, lá terei de dar o beneficio da dúvida a eles.
Eles teram as suas razões, mas se o Quique ficar e se acontecer o mesmo que aconteceu este ano lembrem-se que também terão o dedo apontado a voces.

ONDE PARAM 16 PONTOS?


Uma verdade inconveniente.
Diz o povo que os campeões são sempre justos vencedores. Faz sentido que assim seja.
Mas em Portugal existem verdades inconvenientes que colocam essa ideia em causa.
Tome-se como exemplo a época 2008/2009 do futebol português. Espelho dos últimos 20 anos cá do burgo, ficou marcada pela polémica.
Mais: acentuou tendências e muito ficou a dever à verdade desportiva.Mas antes que nos acusem de sermos tendenciosos… avancemos com objectividade.
O que lhe passamos a apresentar é a lista de jogos em que o Benfica foi prejudicado ou beneficiado na Liga Sagres.
Jogos em que existiu clara influência no resultado. Logo na primeira jornada, em Vila do Conde, o Benfica não foi além de um empate a uma bola. Mas poucos se lembram de uma grande penalidade cometida sobre Aimar em cima do minuto 90.
Uma semana depois, novo empate, desta feita frente ao Futebol Clube do Porto. Jorge Sousa esqueceu-se da uniformidade de critérios. Expulsou Katsouranis por faltas normais, mas deixou o amarelado Cristian Rodriguez em campo após sucessivas jogadas de extrema dureza.
Mas o Benfica estava forte no campeonato e só não atingiu a liderança porque no jogo grande da 5.ª jornada foi novamente prejudicado. Yebda até fez o 2-0 em Matosinhos, mas viu o golo ser-lhe mal anulado. Aproveitou o Leixões, que empatou ao cair do pano.
Não foi à quinta, foi à sétima jornada que o Benfica confirmou a liderança.No berço da nação, coube a Aimar e a Suazo brilharem na vitória por 2-1 sobre o Vitória de Guimarães. Mas poucos se lembrarão dos erros do senhor Carlos Xistra. Primeiro foi Aimar a ser derrubado na área vimaranense. E que dizer dos critérios disciplinares? É que se Reyes viu dois amarelos forçados, já Andrezinho teve via verde para pontapear a cara de Suazo.Contra ventos e marés o Benfica liderava. Até que a injustiça chegou à Luz.
Lembra-se de Vasco Santos? Trata-se do árbitro portuense que não expulsou Sandro após agressão a Reyes no Benfica-Vitória de Setúbal. Curioso o facto de nessa mesma jogada o árbitro só ter dado a lei da vantagem até o Benfica ter o descaramento de marcar. De repente as regras mudaram e eis que o Vitória de Setúbal ficou com o caminho aberto para chegar ao empate.Pior ainda fez Pedro Henriques duas semanas depois.
Quando no último minuto Cardozo apontou o golo da vitória, o juiz tratou de anular o remate certeiro do paraguaio. Razão? O facto de Miguel Vítor ter olhos na nuca. E assim o Nacional saiu da Luz com o nulo.O ano de 2009 começou com uma derrota na Trofa. Muito se falou da má exibição “encarnada”. Ninguém duvida disso. Mas alguém ainda se lembra que Reguila inaugurou o marcador quando estava em fora-de-jogo? Pois… No entanto, à 14.ª jornada o mundo parou.
O Benfica venceu um jogo fruto de um erro da arbitragem. Caiu o Carmo, caiu a Trindade. E tudo só porque David Luiz estava uns quantos centímetros em fora-de-jogo.Nada que não fosse atenuado na semana seguinte. No dérbi do Restelo, Suazo foi atropelado por Baiano quando estava isolado. As leis da FIFA são claras: o lance era merecedor de falta e de cartão vermelho. Já se adivinha qual foi a opção de Elmano Santos. Acontece que o Benfica se mantinha na luta pelo título. E tinha a possibilidade de resgatar a liderança em pleno Dragão. O conjunto de Quique Flores foi superior e cedo se colocou em vantagem.
O que ninguém esperava era que Pedro Proença descobrisse um sebastiânico toque de Yebda sobre Lisandro Lopez.Tudo se decidiu nos dois jogos seguintes na Luz.
Duas derrotas em que a arbitragem voltou a estar em evidência. Primeiro foi Marquinho a aproveitar o posicionamento em fora-de-jogo para dar os três pontos ao Vitória de Guimarães. Depois foi a Académica a vencer no estádio do Benfica. Um jogo ferido de morte pela inexplicável decisão de Marco Ferreira em anular um golo limpo a Aimar.
O mesmo jogador que na primeira parte fora alvo de um injusto fora-de-jogo.Na Madeira, nova derrota. Para a história fica o 3-1 aplicado pelo Nacional. Mas ainda fica na memória a mão de Cléber em plena área nacionalista. E assim Jorge Sousa deixou passar em claro a grande penalidade que daria o 2-2 a um Benfica em crescendo.
Até mesmo o consequente empate com o Trofense ficou manchado pelo apito. É certo que o Benfica poderia ter feito mais. Mas alguém se recorda que Paulinho estava em fora-de-jogo no lance em que cabeceou para o segundo golo da formação nortenha?E assim chegámos ao final de mais uma época não sem antes, em Braga, o Benfica voltar a ser prejudicado. A vitória benfiquista não tolda a memória acerca da entrada por trás de Luís Aguiar a Katsouranis. Uma agressão que Artur Soares Dias não viu.
O mesmo árbitro que logo depois expulsou Yebda de forma incorrecta.Faça-se as contas. O Benfica viu ser-lhe subtraída a módica quantia de 16 pontos devido a crassos erros de arbitragem.
Estórias de um “tretacampeonato”...


fonte-site Sport Lisboa e Benfica

ONDE ESTÁS ?



Ontem o Benfica participou num jogo Street Football em Belém, mas Quique flores não compareceu. Será que está ausente ou já não faz parte do Benfica? É uma duvida que persiste.

Consta-se que advogada de Quique Flores viajou para Roma onde se vai encontrar com Rui Costa para tratar do futuro de Quique enquanto treinador do benfica.

SERÁ DESTA

Á muito tempo que Katsouranis pede para sair será desta.
Tudo indica que tudo ficará resolvido esta semana Hamburgo ofereceu cerca de 3milhões, o que acho pouco ele vale muito mais.
Katsouranis tem muito mercado alem do Hamburgo existem mais 3 equipas, Betis, Atletico de Madri e Panathinaikos.
Mas como sempre acontece na luz os melhores ou são vendidos ou pedem para sair.
Se sair, iremos sentir a falta mas também não queremos jogadores a jogar contrariados,
mas obrigado por tudo.

CARDOZO JOGADOR DE MAIO

Final de época notável, Cardozo eleito melhor jogador em Maio.

A recta final de campeonato protagonizada por Óscar Cardozo valeu-lhe a distinção do mês atribuída pelo Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol.

Cardozo que no mês de Maio marcou quatro golos, nos jogos contra o Trofense (2), Sp. Braga (1) e Belenenses (1), acabou por conquistar o prémio de melhor jogador do mês da Liga Sagres.



Renascença - Benfica